• Acesso empresa
    Brasil

Limpeza perfeita: o poder do círculo de Sinner

Autor: Limpeza.com 13 Maio 2013 Atualidades sobre limpeza
Limpeza perfeita: o poder do círculo de Sinner É preciso considerar as quatro variáveis para sempre realizar uma limpeza de qualidade

Para realizar uma limpeza profissional completa é preciso que o trabalho seja realizado com o menor custo e no menor tempo possível. Além da eficiência, é fundamental que o resultado seja ecologicamente correto e não gere incômodos para quem contrata o serviço. Para isso, a empresa tem que considerar os quatro fatores variáveis que resultam no conhecido círculo de Sinner – a ação mecânica, a ação química, a temperatura e o tempo.

Uma fórmula simples, que serve para elucidar o modelo que qualquer ação de limpeza deve seguir. Esses fatores podem ser combinados de maneira diferente, de acordo com a necessidade de limpeza e a sujeira existente, a superfície a ser limpa e os meios disponíveis para realizar a ação. O objetivo é conseguir ir reduzindo o fator tempo sem aumentar os demais, como consequência da otimização das técnicas empregadas.

Na realidade, cada ação requer uma fórmula concreta. Por isso é fundamental conhecer profundamente cada variável, para sempre realizar uma limpeza de qualidade, sem provocar qualquer dano à superfície tratada.

  • Ação mecânica: correspondente à ação de eliminar a sujeira em si. Pode ser manual, como por exemplo o movimento da mão que passa um pano para eliminar o pó, ou mecânica, no caso de se utilizar uma máquina ou equipamento específico para realizar a atividade, como podem ser as cerdas de uma varredeira. Nesse sentido, é fundamental conhecer perfeitamente as ferramentas que podem ser empregadas na limpeza profissional, porque o uso indevido pode provocar uma rápida deterioração das superfícies.
  • Ação química: compreende o conjunto de produtos químicos que devem ser utilizados para cada tipo de ação de limpeza e conservação. Trata-se de um dos fatores fundamentais, já que sempre é necessário escolher o produto que melhor se adapte ao tipo de limpeza, sem deixar de utilizá-lo nas doses recomendadas pelos fabricantes. Essa é a única forma de conseguir os melhores resultados, sem comprometer as superfícies nem prejudicar a saúde das pessoas.
  • Temperatura: influi na eficiência do produto químico utilizado, ainda que não seja um fator muito determinante. Apesar de facilitar a limpeza quando há presença de material gorduroso na sujeira, por exemplo, é preciso certo cuidado. Há superfícies que não resistem às altas temperaturas.
  • Tempo: é influenciado pelo tipo de superfície a ser limpa, pela sujeira acumulada, o produto a ser utilizado (todos requerem um tempo mínimo para a ação) e, também, se será utilizada uma limpeza manual ou com algum tipo de máquina.

Autor: Limpeza.com

Deixe seu comentário

Ver